Deputados impõem derrota ao governador RC antes da saída do Governo, e provam que ele no Poder pode muito, mas não pode tudo – por Marcelo José

Please enter banners and links.

O governador Ricardo Coutinho sentiu o golpe. A derrota por 21 votos a 9 na votação que decidiu pela manutenção do voto secreto na eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, deixou o Mago magoado. Maturidade na política mostra que a bancada é de Governo, nunca de um homem só. Principalmente a dois dias de deixar a cadeira do Poder.

Os deputados já fizeram muito pelo governador, seu grupo político e seu projeto de poder.  Quebrar o sigilo para controlar o voto de cada deputado numa eleição interna do Poder Legislativo, aí já era demais. Mas o governador Ricardo Coutinho pagou pra ver. E pagou caro. Amargou uma derrota desnecessária.

A postura da Assembleia Legislativa foi altiva, e assim restabelece e fortalece o sistema de freios e contrapesos, da Teoria da Divisão dos Poderes, consagrada pelo pensador francês Montesquieu, exatamente para frear os que naquela época tinham poderes absolutos.

A dois dias de deixar a cadeira e o Palácio, Ricardo Coutinho recebe duro recado : enquanto esteve no poder ele podia muito, mas tudo não.  E fora do poder ?  Vamos aguardar pra ver.

O recado foi bem dado pelos deputados. Assim a praça João Pessoa continuará sendo, a praça dos Três Poderes, e nunca a praça de um só Poder.

 

Marcelo José

Jornalista e advogado