Operação da PF cumpre mandados de prisão e busca e apreensão, em que senador, deputado e ex-deputado são alvos

Please enter banners and links.

A Polícia Federal (PF) está cumprindo na manhã desta terça-feira, dia 24, mandados de busca e apreensão em Brasília,  nos gabinetes e nos apartamentos do senador Ciro Nogueira (PP) deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), investigados na Operação Lava Jato. Os mandados foram autorizados pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator da Lava Jato.

Em dezembro, o Supremo rejeitou denúncia contra Eduardo da Fonte por corrupção e lavagem de dinheiro. Ele foi acusado de intermediar uma negociação entre o ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra, morto em 2014, e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa para blindar investigações da CPI da Petrobras no Senado. De acordo com a acusação, em troca, o PSDB recebeu R$ 10 milhões de empreiteiras.