ASSASSINATO DO RADIALISTA IVANILDO VIANA – Após 5 anos do crime, e absolvição dos réus por falta de provas, por onde anda o “figurão” que estaria por trás da execução ?

Please enter banners and links.

Em fevereiro de 2015 foi assassinado a tiros quando pilotava sua moto às margens da BR 230 após sair de uma emissora de Rádio em que trabalhava em Santa Rita.

O crime chocou a sociedade por se tratar de figura pública, ser um radialista bastante conhecido e querido entre os colegas e ouvintes.

Após as investigações foram denunciados 7 pessoas apontadas como contratadas para executar o profissional de imprensa.

Em 31 de agosto de 2017 o então governador Ricardo Coutinho em entrevista à Rádio Arapuan, assegurou que o “figurão” responsável pelo assassinato de Ivanildo Viana iria aparecer. A declaração foi destaque no site MaisPB do jornalista Heron Cid, um dos apresentadores do Rádio Verdade, ao lado de Fabiano Gomes e Welington Farias.

“O governador Ricardo Coutinho garantiu nesta quinta-feira, que o figurão que mandou matar o radialista Ivanildo Viana vai aparecer. Durante entrevista ao Rádio Verdade, da Rede Arapuan de Rádios, Coutinho revelou que deu total autonomia à polícia para investigar o crime”, diz a matéria.

“A polícia age. Seja o sobrenome que for. Todo mundo já percebeu isso aqui. Eu tenho uma confiança muito grande no trabalho das polícias”, informa.

O figurão propalado pelo ex-governador nunca apareceu. Em 28 de março deste ano os sete réus apontados pela polícia como os executores do crime, foram todos absolvidos pelos jurados por falta de provas.

O caso volta a estaca zero e os familiares, amigos e ouvintes do radialista Ivanildo Viana, se unirão aos outras famílias, a exemplo de Bruno Ernesto, que aguardam que crimes que envolvam figurões.