BRIGADA SANITÁRIA NA CAPITAL – A partir desta 2ª feira, equipe com 80 profissionais visitará casa por casa para identificar casos suspeitos de Covid-19 e combater focos de mosquito transmissor de dengue, zika e chikungunya

Please enter banners and links.

A Prefeitura de João Pessoa montou uma verdadeira Operação de guerra contra a Covid-19 e mosquitos que são transmissores de doenças como dengue, zika e chikungunya.

A partir desta-segunda-feira, dia 13, uma equipe com 80 profissionais estará visitando casa por casa para identificar casos suspeitos de Covid-19, e combater focos do mosquito transmissor de dengue, zika e chikunguya.

A Prefeitura estará divulgando, sempre com antecedência, a localidade em que vai estar para que as famílias possam ter conhecimento e ter sempre em casa alguém para receber as equipes.

A AÇÃO  EDUCATIVA, DE DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO – Uma ação educativa, de diagnóstico, busca ativa e também de tratamento da covid-19, síndromes gripais, dengue, zika e chikungunya. Esta é a ‘Brigada Sanitária’, que inicia nesta segunda-feira (13), das 8h às 12h, no bairro de Mangabeira IV.

A ação terá a participação de aproximadamente 80 profissionais da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) que farão um mutirão, de porta em porta, pelas ruas do bairro para aplicar questionários e verificar a situação de saúde dos moradores. Casos suspeitos de covid-19 serão encaminhados à USF de referência da região para testagem e focos de Aedes aegypti serão combatidos com larvicidas.

INÍCIO NO BAIRRO DE MANGABEIRA IV  – A Brigada Sanitária terá início pelo bairro de Mangabeira IV, tendo como referência a Unidade de Saúde da Família Nova Esperança, que atende uma população de 14 mil pessoas. A ação avançará pelo bairro mais populoso da cidade e seguirá em direção aos que contam com maior número de casos de covid-19 e que tenham menor índice de isolamento social. Seguindo protocolo do Ministério da Saúde, em virtude da pandemia do novo coronavírus, os profissionais só entrarão nas casas em que haja focos de Aedes aegypti.

Os profissionais estarão divididos em 40 equipes. Participam agentes de endemias, agentes comunitários de saúde, profissionais da Atenção Básica e da Vigilância Ambiental e Zoonoses da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). De dois em dois, eles visitarão as casas de uma mesma rua de uma só vez para, em seguida, irem passando para as demais ruas.

Na ação, serão aplicados questionários para identificar pessoas com sintomas gripais ou comorbidades, ou seja, pessoas que sejam hipertensas, diabéticas, obesas, ou que tenham problemas cardíacos, que são pessoas que, se contaminadas com o coronavírus, têm a propensão de ter maior agravo e evolução da doença. Os agentes de vigilância ambiental, desde que autorizados pelos moradores, entrarão nas casas para buscar possíveis focos do Aedes aegypti, que serão combatidos com aplicação de larvicidas.

CASOS SUSPEITOS DE COVID-19  – As pessoas que forem identificadas com alguma comorbidade passarão a ser monitoradas. As que tiverem sintomas gripais ou algum agravo, como dispneia (falta de ar) serão encaminhadas para a Unidade de Saúde da Família (USF) de referência para consulta, prescrição de medicamentos, se necessário, e para fazer o teste do novo coronavírus, conforme protocolo.

Serviço:

Brigada Sanitária – ação educativa, de diagnóstico, busca ativa e também de tratamento da covid-19, síndromes gripais, dengue, zika e chikungunya;

Data: segunda-feira (13);

Horário: das 8h às 12h;

Local: Saída da Unidade de Saúde da Família Nova Esperança, no bairro de Mangabeira IV.

USF Nova Esperança

Rua Jorge Ramos Amaranho – Mangabeira , João Pessoa – PB

CEP – 58057-120