CALVÁRIO DE QUEM TRABALHA – Quem vai pagar 4 meses de produtividade em atraso aos servidores do Trauma, a Cruz Vermelha, a Acqua ou o Governo ?

Please enter banners and links.

O servidores efetivos do Hospital de Emergência e Trauma da Capital não receberam boas informações na manhã desta terça-feira, dia 16.  Com quatro meses de atraso no pagamento da “produtividade” , “os trabalhadores ficam sendo jogado de um lado pra outro, e ninguém assume essa dívida”, comentou uma servidora.

A verba de “produtividade” é paga com recurso do Governo Federal, que mensalmente é repassado aos estados. O problema é que com a contratação da Cruz Vermelha, a Organização Social é quem recebia essa verba do Governo do Estado e ficava na responsabilidade de pagar aos servidores.

Os outros servidores efetivos do estado recebiam a “produtividade” junto com o salário do mês, na folha de pagamento. Já os funcionários efetivos do Trauma recebiam com atraso pois a Cruz Vermelha só repassava a verba de produtividade quando pagava aos empregados contratados por ela, no regime CLT ( Consolidação das Leis Trabalhistas).

A Cruz Vermelha foi personagem principal do maior escândalo de corrupção já visto na Paraíba. Foi afastada do Trauma sem ter pago a produtividade dos servidores efetivos.  Já são quatro meses de atraso da produtividade. O Governo contratou outra “OS” , a Acqua, para gerir o Trauma. E agora ninguém quer assumir o compromisso com os trabalhadores.

Finalmente, governador João Azevedo, quem vai pagar os quatro meses de produtividade de quem trabalhou, a Cruz Vermelha, a Acqua, ou o Governo do Estado ?