Prisão da secretária Livânia Farias torna imprescindível CPI da Cruz Vermelha para investigar maior escândalo de corrupção na história da PB, declara deputado

Please enter banners and links.

O deputado Ranyere Paulino (MDB) declarou no início da noite deste sábado que a prisão da secretária de Administração do Estado, Livânia Farias, torna imprescindível agora a instalação da CPI da Cruz Vermelha para investigar o maior escândalo de corrupção na história da Paraíba.
“Acreditamos que, após prisão de Livânia Farias se faça necessário o esclarecimento sobre a Operação Calvário, na assembleia legislativa da Paraíba. Esse escândalo venho denunciando deste de 2011 na Casa de Epitácio Pessoa e acredito que, agora seja imprescindível a instalação da CPI da Cruz Vermelha para que seja esclarecido as irregularidades do grave problema  de uso irregular  de verbas públicas, através da OS’s, na Paraíba” disse o deputado
O deputado Raniere Paulino sempre questionou na Assembleia Legislativa a contratação da Cruz Vermelha Brasileira para administrar o Hospital de Trauma da Capital. “A instalação da CPI se faz necessária, já  que as contas do Poder executivo necessariamente passam pela Assembleia Legislativo” comentou.
O parlamentar também chegou a comparar a dimensão do escândalo da Cruz Vermelha Brasileira com a Lava Jato que envolve as maiores construtoras do país. “Este escândalo tem uma dimensão na Paraíba a exemplo do que envolve a  Odebrecht, configurando um dos maiores esquemas de corrupção no Estado”, concluiu.