Instituto recebeu R$ 3,3 milhões por realizar concurso público para mil vagas na Polícia Militar na Paraíba

Please enter banners and links.

O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação, com sede em Taboão da Serra, em São Paulo, recebeu do Governo do Estado da Paraíba, através do Comando da Polícia Militar, a quantia  R$ 3.324.985,00 ( Três milhões, trezentos e vinte e quatro mil, novecentos e oitenta e cinco reais) pela realização do Concurso Público para soldados da Polícia e Bombeiros Militares do estado, realizado ano passado. Foram 79 mil e 500 inscritos para 1 mil vagas, entre policiais e bombeiros.

No contrato 018/2018 assinado pelo comandante geral da PM, coronel Euller de Assis Chaves, e o representante da empresa IBFC , consta o valor do contrato de R$ 2.640.000,00 ( dois milhões, seiscentos e quarenta mil reais).  No ítem 3 do documento , porém, há acertos contratuais que podem alterar, só para mais o valor da prestação do serviço.

O contratos estipula o valor de R$ 2.640.000,00 , como mínimo a ser pago, mas acrescenta que “caso o número de inscrições exceda o número estimado de candidatos , a contratada receberá uma compensação equivalente a metade dos valores excedentes arrecadados”,  detalha o documento.

O Governo do Estado e o Instituto IBFC  chegaram a uma conclusão de colocar um número estimado de 60 mil inscritos, cabendo ao Governo pagar , além dos R$ 2.640.000,00 , mais 50% do que passasse de 60 mil inscrições.  Pelo concurso anterior, realizado m 2014 ( quatro anos atrás em relação ao concurso de 2018) o número de 60 mil inscritos seria facilmente ultrapassado, pois já naquele ano de 2014 foram 59 mil inscritos.

O cálculo é fácil de fazer. O número total de inscritos foi de 79.501, ou seja, 19.501, além do número estimado, o que resultou numa arrecadação a mais, de R$ 1.632.000,00 , sobre a qual a empresa contratada teria 50%, além dos R$ 2.640.000,00 do valor original mínimo a ser pago. Assim, em vez de receber R$ 2,6 milhões, o IBFC recebeu R$ 3,3 milhões, cerca de R$ 700 mil, a mais.

Com 79 mil 501 inscritos, o Governo do Estado arrecadou R$ 5.565.000,00 ( cinco milhões, quinhentos e sessenta e cinco mil reais), dos quais R$ 3.324.985,00 ( três milhões, trezentos e vinte e quatro mil , novecentos e oitenta e cinco reais) foram pagos ao Instituto IBFC, sobrando R$ 2.241.000,00 .

Dos 79 mil e 501 inscritos, 78 mil 501 terão de se inscrever novamente para outro concurso, tendo em vista que o certame era para mil vagas.