CRUZ VERMELHA EM ALTA NA PB: Estela e Ricardo ignoram Operação Calvário e mantém lei que beneficia OS que administra Trauma

Please enter banners and links.

Mesmo após a Operação Calvário, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especializada no Combate a Corrupção, do  Ministério Público do Rio de Janeiro, a Cruz Vermelha Brasileira parece continuar tendo o prestígio das autoridades paraibanas. Nem a deputada Estela Bezerra (PSB) autora do projeto de lei, nem o governador Ricardo Coutinho PSB), que sancionou o projeto, tornando-o lei, para reconhecer de utilidade pública a Cruz Vermelha Brasileira, se pronunciou quanto a medidas que pudessem mostrar providência do Governo em relação ao fato.

Nem a deputada Estela Bezerra se pronunciou até agora, sobre a possibilidade de enviar um novo projeto que possa sustar os efeitos da lei pela qual foi responsável tornando a Cruz Vermelha Brasileira reconhecida por utilidade pública. Nem o próprio zeloso governador Ricardo Coutinho falou sobre enviar projeto para fazer cessar os efeitos da lei, que por enquanto está em pleno vigor tratando a Cruz Vermelha Brasileira, entidade reconhecida de utilidade pública.