Advogado e escritor Cleanto Gomes recebe mais alta comenda da Assembleia Legislativa, medalha Epitácio Pessoa

Please enter banners and links.

O advogado e escritor Cleanto Gomes Pereira, recebeu nesta sexta-feira, dia 21, a mais alta comenda da Assembleia Legislativa da Paraíba, a medalha Epitácio Pessoa. A propositura do deputado Aníbal Marcolino, teve como objetivo tornar público o reconhecimento da sociedade paraibana ao pensador e homem das letras, com brilhante trajetória, como profissional e humanista.

A sessão solene ocorreu na plenário da Assembleia Legislativa da Paraíba e reuniu personalidades do mundo jurídico e das letras, além de representantes da advocacia, do Ministério Público da Paraíba, do Tribunal de Justiça, da Defensoria Pública, e da Academia Paraibana de Letras Jurídicas.

O autor da propositura, deputado Aníbal Marcolino, disse que a sessão representou o reconhecimento pela atuação jurídica e valorização da história e cultura paraibana na produção literária de Cleanto Gomes. “É uma ocasião de grande importância, pois é um cidadão que tem larga folha de serviços prestados em diversos cargos que passou pela vida pública. Não é uma homenagem do parlamentar ou do Poder Legislativo, é na verdade um reconhecimento da sociedade paraibana ao que representa doutor Cleanto Gomes, não só para a advocacia, mas para o mundo das letras”, afirmou.

 

O homenageado agradeceu aos deputados da Assembleia que aprovaram por unanimidade a concessão da mais alta honraria do Poder Legislativo paraibano, fazendo uma retrospectiva da trajetória de mais de 40 anos na advocacia. “Eu considero esse momento especial na minha vida porque representa uma espécie de tributo da Paraíba a minha dedicação às Letras, tanto da parte cultural quanto da parte advocatícia. Atuei na advocacia pública e privada e, como escritor, leguei uma obra que, posso dizer sem imodéstia, trata de um histórico cultural muito importante para a Paraíba”, concluiu.

 

 

 

 

Perfil

Natural de João Pessoa, Cleanto Gomes Pereira nasceu em 1954 e graduou-se em Direito pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em 1977. Foi procurador jurídico e presidente do antigo Instituto de Previdência do Estado da Paraíba (Ipep), e procurador-chefe da assessoria jurídica da Fundação Cultura José Lins do Rego (Funesc).

É advogado militante, tendo sido conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil na Paraíba (OAB-PB) e membro do Tribunal de Ética. Autor do livro “Minhas Admirações”, Cleanto Gomes escreve regularmente para os jornais “Contraponto” e “Correio da Paraíba”, além de integrar a Academia Paraibana de Letras Jurídicas (APLJ).

Também participaram da Sessão Solene o diretor da Associação dos Procuradores da Paraíba, Afrânio Bezerra; o desembargador federal Ridalvo Costa; o presidente da APLJ, Ricardo Bezerra; o membro da APLJ, Felizardo Jansen; o subprocurador-geral de Justiça da Paraíba, Alcides de Moura Jansen; e a representante da Defensoria Pública Geral da Paraíba, Maria de Lourdes, além de amigos e familiares do homenageado.