Exoneração de Allan Terruel da titularidade do GOE expõe mudança na relação do governador com núcleo político dos Delegados da PC

Please enter banners and links.

Tem algo ocorrendo de estranho na relação do governador Ricardo Coutinho com o núcleo político dos delegados da Polícia Civil da Paraíba.  Semana passada a Adepdel – Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados de Polícia da Paraiba , lançou um manifesto em defesa da elaboração de um plano de reestruturação da Polícia Civil. Simultaneamente o delegado Wagner Dorta entrega cargo de secretário de Administração Penitenciária, ao governador. O Diário Oficial do Estado desta terça feira, dia 8, traz mais um fato que chamou a atenção na área de segurança pública. O governador exonerou o delegado Allan Terruel  da titularidade da Delegacia de Operações Especiais, e nomeou para o cargo a delegada Karina de Alencar Torres, que era ajunta de Terruel.

O delegado Alan Terruel foi exonerado da titularidade e foi nomeado para a condição de delegado adjunto da Delegacia Especializada de Operações Especiais da Polícia Civil da Paraíba. Em contato com o Blog fontes da Secretaria de Segurança Pública asseguram que haverá nova exoneração em cargo estratégico da estrutura da segurança pública na Paraíba nos próximos dias.

Na pasta da Administração Penitenciária aconteceu algo que não é muito comum, um auxiliar sem motivos aparentes entregar o cargo ao governador Ricardo Coutinho. Wagner Dorta deixou a pasta alegando razões de caráter pessoal. De imediato o governador nomeou o tenente coronel Sérgio Fonseca, com quem Dorta mantinha uma queda de braço na Secretaria.  A escolha do governador certamente pela competência do oficial da PM, mas entre os profissionais da área, surgiu como estratégica como resposta ao ex-secretário Dorta.

Quem conhece o estilo do governador Ricardo Coutinho sabe que ele não gosta de movimentos reivindicatórios que confrontem o Governo dele. Ninguém confirma, mas o ato realizado pelos delegados em defesa de um plano de reestruturação para a Polícia Civil não agradou ao chefe do Executivo. O detalhe é que o grupo de delegados, embora seja muito forte, não tem sido visto com bons olhos pelos demais integrantes da Polícia Civil da Paraíba.

Entidades em defesa de policiais civis, agentes de investigação,  escrivães, peritos e técnicos em peritos, tem observado que o Governo tem dado tratamento diferenciado a um grupo de delegados, em detrimento de grande parte da categoria que atua na segurança pública da Paraíba.

Veja abaixo exoneração de Terruel e nomeação da delegada Karina Alencar :

Ato Governamental nº 1.945 João Pessoa, 07 de maio de 2018
O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 86, inciso XX, da Constituição do Estado, e de acordo com artigo 33, inciso II, da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003,
R E S O L V E exonerar, a pedido, ALLAN MURILO BARBOSA TERRUEL, matrícula nº 156.457-9, do cargo em comissão de Delegado Titular da Delegacia Especializada do Grupo de Operações Especiais, Símbolo CAD-3, da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social.
Ato Governamental nº 1.946 João Pessoa, 07 de maio de 2018
O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 86, inciso XX, da Constituição do Estado, e de acordo com artigo 33, inciso II, da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003,
R E S O L V E exonerar, a pedido, KARINA DE ALENCAR TORRES, matrícula nº 156.462-5, do cargo em comissão de Delegado Adjunto da Delegacia Especializada do Grupo de Operações Especiais, Símbolo CSP-3, da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social.
Ato Governamental nº 1.947 João Pessoa, 07 de maio de 2018
O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 86, inciso XX, da Constituição do Estado, e tendo em vista o disposto no art. 9º, inciso II, da Lei Complementar no 58, de 30 de dezembro de 2003, Medida Provisória nº 221, de 03 de abril de 2014, e na Lei no 8.186, de 16 de março de 2007, e alterada pela Lei nº 8.632, de 31 de julho 2008, e na Lei nº 10.467, de 26 de maio de 2015,

R E S O L V E nomear KARINA DE ALENCAR TORRES, para ocupar o cargo de provimento em comissão de Delegado Titular da Delegacia Especializada do Grupo de Operações Especiais, Símbolo CAD-3, da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social.

Ato Governamental nº 1.948 João Pessoa, 07 de maio de 2018
O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 86, inciso XX, da Constituição do Estado, e tendo em vista o disposto no art. 9º, inciso II, da Lei Complementar no
58, de 30 de dezembro de 2003, Medida Provisória nº 221, de 03 de abril de
2014, e na Lei no 8.186, de 16 de março de 2007, e alterada pela Lei nº 8.632, de 31 de julho 2008, e na
Lei nº 10.467, de 26 de maio de 2015, R E S O L V E nomear ALLAN MURILO BARBOSA TERRUEL, para ocupar o cargo de provimento em comissão de Delegado Adjunto da Delegacia Especializada do Grupo de Operações Especiais, Símbolo CSP-3, da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social.