VEJA : Barrados de visitar Lula, governadores deixam carta manuscrita ao ex-presidente

Please enter banners and links.

Barrados de visitar o ex-presidente Lula na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, nesta terça-feira, dia 10, por decisão da juíza substituta Carolina Moura Lebbos,  o governador Ricardo Coutinho, e mais oito governadores, dois senadores e um presidente de Assembleia Legislativa, acabaram deixando uma carta manuscrita a Lula. A decisão judicial se baseia em não permitir privilégios, quanto a questão de visitas, ao ex-presidente, em relação as regras gerais de visitas.

Veja o que escreveram ao ex-presidente Lula :

“Estimado presidente Lula, querido amigo. Estivemos aqui e sempre estaremos. Ao seu lado, firme na luta. Infelizmente, a Lei de Execução Penal não foi cumprida adequadamente e não pudemos abraçá-lo pessoalmente. Mas, por nosso intermédio, milhões de brasileiros e brasileiras estão solidários e sendo a sua voz por um Brasil justo, democrático, soberano e livre. Lula livre.

Foram à sede da Polícia Federal em Curitiba os governadores Ricardo Coutinho (PSB-PB), Tião Viana (PT-AC), Renan Calheiros Filho (MDB-AL), Rui Costa (PT-BA), Camilo Santana (PT-CE), Flávio Dino (PC do B-MA), Paulo Câmara (PSB-PE), Wellington Dias (PT-PI), Waldez Góes (PDT-AP) e Fernando Pimentel (PT-MG). Também estavam presentes o senador senador Lindbergh Farias (PT-RJ), a senadora Gleisi Hoffmann vice-presidente dalegenda , Márcio Costa Macedo,  o ex-deputado federal petista Ângelo Vanhoni (PR) e o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia (PSB-PB).