Comandante Geral da PM ataca Associações : “cuidado com palanqueiros , baderneiros e falastrões”

Please enter banners and links.

O coronel Euller Chaves, comandante Geral da Polícia Militar da Paraíba, aproveitou uma entrevista ao programa Correio Debate, na Rádio Correio 98 FM, enquanto apresentava sua defesa em acusações feitas pelo deputado João Henrique, que resultaram em uma Ação na Justiça, para atacar Associações da categoria.

“Porque num passado recente, Associação A, ou B ou C, faziam movimentozinho para gerar candidatos ou pré-candidatos. Alerto a meus companheiros, cuidado com os palanqueiros e baderneiros. Cuidado com os falastrões. Pessoas que vivem a prometer tudo, mas não fazem nada” desabafou o coronel Euller Chaves.

A entrevista ocorreu nos estúdios da Rádio Correio , 98 FM, aos radialistas Nilvan Ferreira, Victor Paiva e Nilvan Ferreira. O coronel Euller Chaves, comandante Geral da Polícia Militar da Paraíba, rebatia as acusações inicialmente feitas pelo deputado João Henrique, de que pelo fato de ter ocupado cargo civil público, por mais de dois anos ( abril de 2003 a agosto de 2005), não deveria ter sido promovido a tenente coronel, nem a coronel. Por isso, segundo a denúncia do parlamentar, feita na Assembleia Legislativa da Paraíba, deveria haver a despromoção do comandante geral e o afastamento do mesmo do cargo.

No início desse mês, dia 3 de janeiro, o ex policial Moacir Pereira de Moura, ajuizou uma Ação que pede a despromoção do coronel e o afastamento do comandante geral do cargo. O processo tramita na 1ª Vara da Fazenda Pública da Capital, que tem como titular a juíza Flávia da Costa Lins Cavalcanti.

O coronel Euller Chaves rebateu as acusações, evitou o embate com o deputado João Henrique, mas atacou representantes de Associações da Polícia Militar.