HOJE, DEBATE DA TV CORREIO – Cícero Lucena e Nilvan Ferreira, frente a frente neste sábado, às 20h40, contribuindo para a decisão do eleitor

Please enter banners and links.

É hoje. Importante debate entre os candidatos a prefeito de João Pessoa, no segundo turno. Cícero Lucena (PP) e Nilvan Ferreira (MDB) estarão frente a frente neste sábado, às 20h40, em debate promovido pela TV Correio

Será um confronto inovador e dinâmico, com formato inédito na TV paraibana e na região Nordeste, com transmissão também nas multiplataformas digitais da TV Correio. A mediação é do jornalista Hermes de Luna.

Faltando oito dias para que os pessoenses escolham o gestor da cidade para os próximos quatro anos, o confronto vai expor, de forma direta, as ideias, programas e estilos de cada candidato. Internautas e telespectadores vão interagir de forma ainda mais direta pela hashtag #DebateNaTVCorreio.

No primeiro bloco, após a apresentação individual de cada candidato, haverá uma rodada de confronto direto. Por sorteio, ao vivo, será definida a ordem de início do debate, com pergunta, resposta, réplica e tréplica. O candidato que começa tem 30 segundos para pergunta. Quem responde tem 1 minuto e 30 segundos. O mesmo tempo para réplica e a rodada se encerra com 30 segundos para a tréplica de quem começou perguntando.

No terceiro e quarto blocos haverá um confronto inovador e inédito na televisão paraibana. Cada candidato terá um “banco de minutos” à sua disposição. O candidato é quem vai administrar o seu tempo. Serão 10 minutos corridos para cada um dos candidatos, com o cronômetro em contagem regressiva. O mediador fará uma intervenção, com um questionamento comum aos dois participantes. Será feito o sorteio prévio para definir quem inicia o bloco. Dentro do seu “banco de minutos” o candidato pode responder com o tempo que achar necessário, mas tem que administrar os minutos, porque pode ficar sem eles no final do bloco.

Dentro do segundo e terceiro blocos, os candidatos podem dar mais tempo para um assunto ou outro, o que vai evidenciar suas preferências. A novidade promete dar dinâmica ao confronto, porque os candidatos não ficam presos aos minutos estipulados na regra com pergunta, resposta, réplica e tréplica.

No quarto e último bloco do debate, os candidatos responderão a perguntas comuns de telespectadores da TV Correio. Para resposta, cada candidato terá um minuto. O outro terá um minuto para o comentário; e quem começou a rodada respondendo terá um minuto para réplica. Em seguida, vem a tréplica do outro candidato, também com um minuto. O debate será encerrado com as considerações finais de cada um dos candidatos, com um minuto para cada.

Assim como no debate do 1º turno das Eleições, os candidatos terão livre acesso ao celular. A ideia também é inovadora, garantindo que eles se comuniquem em tempo real com suas assessorias, já que há restrições por conta dos protocolos sanitários. Ao mesmo tempo, a produção do debate estimula o uso das redes sociais pelos candidatos, que certamente estarão sendo acompanhados por apoiadores.

A TV Correio aposta nesse formato inédito na televisão paraibana e da região Nordeste. No primeiro turno, realizou debate com 10 dos 14 candidatos. A direção da emissora considerou que foi um desafio vencido com muita criatividade e com o respeito exigido por todos os protocolos sanitários, por conta da pandemia do novo coronavírus.