COVARDIA ! Governo da Paraíba dá aula de desrespeito e corta salários dos professores em plena pandemia – por Marcelo José

Please enter banners and links.

Os relatos que recebí , nesta segunda-feira, dia 29, de professores da rede estadual de ensino, são estarrecedores.

Resisto em querer acreditar que o Governo do Estado da Paraíba foi capaz de se aproveitar da pandemia para negar pagamento dos salários a centenas, talvez milhares de professores.

“Eu tenho mais de 15 anos como professora e nunca vi isso acontecer. Um governador que eu votei nele, acreditando nele, e hoje é quem quem nos apunhá-la pelas costas. Aproveitou a pandemia e suspendeu contratos e salários dos prestadores de serviço aqui em nossa cidade”, desabafou um professora que preservo o nome para não ser alvo de perseguição.

Outro professor me contou que eles estão preparando as aulas e enviando para os alunos assistirem on-line, exatamente para que os alunos não percam o conteúdo e possam concluir o ano. “Recebi referente aos meses de janeiro e fevereiro, e desde março não recebo um centavo”, desabafa outro professor.

Talvez o governador João Azevedo não saiba exatamente o que está acontecendo, mas ele precisa se reunir com o secretário de Educação. Talvez tenha uma opção melhor, o governador divulgar um número de whats para que professores prestadores de serviço em todo o estado envie relatos para ele sobre a situação caótica, desumana, cruel, e covarde, a qual estão submetendo os docentes.

Logo os mestres, aqueles e aquelas, que têm a responsabilidade de passar conhecimento aos nossos filhos.  Que ensinam sobre cidadania, respeito ao próximo, direitos e deveres.

O Governo dá uma aula de falta de respeito aos direitos dos nossos mestres. Covardia !

 

Por Marcelo José

Jornalista/advogado