CRIME DE CONCUSSÃO : Gilberto Carneiro, quando era procurador da Prefeitura de JP, exigiu vantagem indevida a empresário, diz denúncia do Gaeco/MP na Operação Calvário

Please enter banners and links.

O Gaeco protocolou nesta quarta-feira, dia 21, denúncia de concussão e ocultação de bens, contra o ex-procurador geral do estado da Paraíba, Gilberto Carneiro.

Quanto ao crime de concussão, a investigação do Gaeco acusa Gilberto Carneiro, no período ainda que era procurador da Prefeitura de João Pessoa, até o ano de 2008, de exigir vantagem indevida de um empresário.

O teor integral da denúncia está sob sigilo na 5ª Vara Criminal da Capital. Mas no mínimo de informações que puderam ser divulgadas Gilberto Carneiro exigiu e tomou a posse de um veículo caminhoneta GM S10 .

Consta ainda que o empresário tentou reaver o veículo ao longo dos últimos 8 anos, quando Gilberto Carneiro era já procurador geral do estado, mas o mesmo não devolveu o carro.