Prefeito envia nota ao Blog sobre Inquérito do MPF “estou tranquilo e não sou imune a denúncias e fiscalização”

Please enter banners and links.

O prefeito de Mari, Antônio Gomes, encaminhou ao Blog uma nota se pronunciando sobre a abertura de Inquérito do Ministério Público Federal para apurar suposta irregularidade no uso de veículos e equipamentos do Programa de Aceleração do Crescimento. O gestor disse que está tranquilo quanto ao procedimento fiscalizatório do MPF e que, não está imune às denúncias e fiscalizações dos órgãos competentes.

Veja a nota :

 

 

Tomei conhecimento através de amigos e Assessores que circula em sites e redes sociais que o MPF decidiu abrir procedimento para investigar possíveis “irregularidades “no uso de máquinas do PAC em nossa gestão.
Quero inicialmente dizer que, recebo com a naturalidade a informação, pois não vejo problema algum em ver a instituição do MPF exercer o seu trabalho, pois o que é público deve mesmo ser fiscalizado. Tenho consciência que, na condição de gestor de “coisa pública”, estou sujeito a qualquer tipo de investigação. Não apenas pelo Ministério Público Federal, mas também pelo Ministério Público Estadual, além do próprio Tribunal de Contas que anualmente realiza a fiscalização das contas anual das gestões!
Diante de qualquer denúncia cabe ao Ministério Público a busca da verdade, não implicando tal procedimento em afirmação da veracidade dos fatos, podendo ao final do procedimento, conforme acreditamos, não encontrar as supostas irregularidades apontadas na denúncia formulada.
Reafirmo minha tranquilidade diante do procedimento anunciado pelo MPF, pois o mesmo apenas faz o seu isento trabalho de órgão fiscalizador. Não sou imune a qualquer ato de denúncia e, consequentemente a atos de fiscalização.
Por fim, reafirmo aos marienses que o nosso trabalho não para, pois o tempo é curto e nossa cidade precisa de muitas coisas. Coisas essas que tanto foram negadas ao nosso povo durante os últimos anos. Ao mesmo tempo reconheço que, quanto mais trabalharmos, mais seremos fiscalizados, e que isso é normal e faz parte da essência da gestão pública.

ANTÔNIO GOMES
Prefeito do Município de Mari