Empresário do “Caso Cuiá” deixa a política e investe em restaurantes de comida chinesa na Grande JP

Please enter banners and links.

O empresário José de Arimatéia Nunes Camboim ( do rumoroso caso de Cuiá) resolveu mudar de ramo radicalmente. Depois do caso da desapropiração da fazenda Cuiá, que até hoje tramita na Justiça, e de perder as eleições para prefeito na cidade de Santa Terezinha, o empreendedor agora vai vender comida chinesa. E que ele acaba de comprar dois restaurantes, um na principal de Intermares, e outro nos Bancários. O detalhe é que o ex dono dos restaurante também foi candidato a prefeito de Natuba, e resolveu investir em outros ramos.

O ESCÂNDALO DE CUIÁ – O empresário foi envolvido no caso porque era proprietário da terra que foi, na velocidade da luz, desapropriada em agosto de 2010 por R$ 10 milhões e 792 mil. A Prefeitura de João Pessoa tratou de pagar imediatamente o valor em duas parcelas, a metade R$ 5 milhões 396 mil em 1 de setembro, e o restante R$ 5 milhões 396 mil, vinte dias depois em 20 de setembro de 2010. Tudo em pleno fervor da campanha de governador entre José Maranhão (PMDB) e Ricardo Coutinho(PSB).

A desapropriação foi objeto de uma Ação Civil Pública por parte do Ministério Público da Paraíba, por suspeita de superfaturamento, avaliação de APP ( Área de Preservação Permanente) e áreas cobertas de vegetação e alagáveis. Também foi revelado à época que a desapropriação naquela velocidade teria o objetivo de financiar campanha política, tudo, passados sete anos, sem desfecho na Justiça da Paraíba.

A Prefeitura de João Pessoa chegou a anunciar o Parque Cuiá, cuja área foi desapropriada pelo Decreto 6.973, e foi declarada de utilidade pública, em 20 de agosto de 2010. Passados sete anos, uma pedra sequer, foi colocada no famoso parque. Ninguém foi condenado, o contribuinte pagou a conta, e até hoje o mato e os alagamentos tomam conta do local.

ARIMATÉIA NA POLÍTICA – O escândalo de Cuiá ocorreu em 2010, e já no ano seguinte o empresário iniciava sua vida na política, se filiando ao partido do governador eleito Ricardo Coutinho (PSB) e já em 2012 lançou sua candidatura a prefeito de sua terra, Santa Terezinha, próxima a Patos. Arimatéia Nunes Camboim foi eleito prefeito com 37% dos votos da cidade, ou seja 1.459 votos. Em segundo ficou a candidata Cecília Gayoso do PSC, com 1.392 votos, 35% , e em terceiro Davi, do PSDB, com 1.087 votos, 27%.

Pelo resultado das eleições em 2016, o prefeito Arimatéia Camboim, não administrou tão  bem a cidade, o quanto administrou com sucesso seus negócios, inclusive Cuiá. Foi derrotado quando tentava a reeleição. Mesmo com o poder nas mãos, pois era prefeito, perdeu o pleito por mais de 400 votos. Terezinha Zé Afonso, do PSDB, obteve 2.371 votos, contra 1.955 do prefeito e empresário.